GALERIA DE FOTOS

Escrito pelo dramaturgo argentino Daniel Veronese, o espetáculo Espia Uma Mulher Que Se Mata é uma releitura contemporânea do clássico Tio Vânia, de Anton Tchecov. A peça aborda os dramas e as relações familiares, de forma concisa, intimista e visceral. A montagem propõe questões de linguagem na relação entre o ator, o texto e a encenação.


FICHA TÉCNICA

Direção: Daniel Veronese e Marcelo Subiotto
Elenco: Roberto Bomtempo, Miriam
Freeland, Symone Strobel, João Vitti, Flavia Pucci, Marco Miranda e Regina Sampaio


Estreou em abril/2009, no Espaço Sesc/RJ

Temporadas: Teatro Leblon (2010), Teatro Maria Clara Machado(2009), Sesc Barra Mansa/RJ (2009), Sesc Niterói/RJ (2009), Sesc São Gonçalo/RJ (2009), Sesc Petrópolis/RJ (2009), Sesc Engenho de Dentro/RJ (2009)

Projeto referenciado pelo SESC/RJ


PREMIAÇÕES E INDICAÇÕES
 

  • Indicado Prêmio Shell 2009, na Categoria Especial, por sua importância para o Intercâmbio cultural latino-americano
  • Indicado Prêmio APTR 200,  na categoria de Melhor Ator para Roberto Bomtempo

CRÍTICA

"Uma versão que faz justiça a obra de Tchekhov (…) O trabalho de Veronese tem base na insistente declaração do autor russo de que a peça é uma comédia, e no considerável número de emoções e pensamentos conflitantes no texto. (…) “Espia uma mulher que se mata" é uma experiência interessante, e uma boa ocasião de se tomar conhecimento dos caminhos que trilha o teatro argentino.”
Barbara Heliodora - O Globo